What I'm saying?


Eu só queria acordar amanhã e ver tudo mudar. Queria que tudo pudesse ser passado e que eu me encontrasse. Perder-se nem sempre é caminho. Não sei mais o que são lágrimas, dou risada do sem graça, minha cabeça já não serve nem para pensar. Queria ter uma utilidade além de sentir saudade do que não vai mais voltar. Me enganar. Agora seria uma boa hora se a realidade estivesse em outro lugar. Devaneios perigosos, insanidades irritantes, tudo isso a me esperar. Tudo tão vazio, preferia sofrer por te amar. Tenho medo do que posso me tornar. Não quero ser nenhuma enlouquecida procurando aventuras em qualquer lugar. Mas também não quero ficar parada esperando transbordar. Nada mais tem nexo, nem o vento, nem o mar. Inspiro e expiro por costume. O tempo está parado, não adianta o relógio andar. Tic tac, tic tac, tic tac. Ainda permanecerá.

3 comentários:

  1. "Tenho medo do que posso me tornar. Não quero ser nenhuma enlouquecida procurando aventuras em qualquer lugar. Mas também não quero ficar parada esperando transbordar. Nada mais tem nexo, nem o vento, nem o mar. Inspiro e respiro por costume. O tempo está parado,"
    A ilusão para ser uma boa coisa quando se encontra numa situação parecida a essa. Mas só parece porque quanto mais acreditamos no que não existe, quanto mais acreditamos em nossas próprias criações, mais nos aprofundamos nelas e quando "acordamos" fica difícil voltar para onde estávamos e ser quem éramos. Nos acostumamos com uma mera criação, sem querer.
    O mundo perde o sentido quando o motivo da cor que havia nele se vai. Simplesmente parte. E depois que isso acontece, mudanças ocorrem sem que você queira, ou até mesmo perceba. Elas ocorrem. E nada mais será o mesmo. Nada mais terá o mesmo sentido. Nem o ar, nem uma lembrança, nem as pessoas, nem um toque.
    Ai, eu falei demais. Escrevi demais. De vez em quando, me empolgo em escrever comentários e acabo até fugindo um pouco do assunto, rs. Ou do que eu realmente queria escrever. A empolgação acaba com as minhas ideias.
    Enfim, adorei sua postagem *-*

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oi Laryssa. Concordo, a pior coisa que existe é entrar em uma situação dessa. Você esquece quem é, e nunca mais é a mesma ao tentar se encontrar. Enfim, é inexplicável. Obrigada, bjs =*

    ResponderExcluir