Resenha: Então, conheci minha irmã


Então, conheci minha irmã
Autora: Christine Hurley Deriso
Editora: Gutenberg
237 páginas.
Classificação: 

Sinopse: Summer Stetson não conheceu sua irmã. Sua mãe engravidou dela assim que Shannon morreu, aos 17 anos, em um terrível acidente de carro, que se chocou com uma árvore. Ao longo de sua vida, Summer acostumou-se a assistir seus pais repetirem o quanto a irmã era perfeita, amada e boa filha, e por isso sempre acreditou que fosse uma decepção para eles. Ao fazer 17 anos, recebe da tia de presente o diário que Shannon escrevia até o dia de sua morte. Ao ler aquelas páginas para saber mais sobre a irmã, acaba descobrindo alguns segredos, e a cada revelação, sobre a família e sobre si mesma, entende que a verdade pode ser, por vezes, dolorosa, mas nunca deixará de ser libertadora.

Nesse incrível lançamento da Editora Gutenberg, somos apresentados à Summer, uma garota de 17 anos, que caminha para o seu último ano no colegial. O formatura deveria ser sinônimo de felicidade, mas o momento retoma antigos fatos: há 17 anos atrás, Shannon Stetson, irmã de Summer, morrera em um acidente de carro, no início do último ano letivo.
Convivendo a vida toda com a ideia de ter nascido como consequência da morte da irmã, Summer apresenta comportamento oposto ao almejado pelos pais; notas medianas, nenhum talento evidente: a protagonista, apesar de ser uma garota de valores admiráveis, fazia de tudo para representar o oposto da irmã. Shannon sempre fora a boa garota; caridosa, inteligente e promissora.



Em seu aniversário, Summer recebe um presente inusitado de sua tia: um diário, escrito pela irmã em seu último verão. Mais do que escritos, o diário representaria uma chance única para que Summer conhecesse Shannon e, aos olhos dela, ter vislumbres da realidade de sua família em outra época.

"Minha irmã não é uma garota qualquer com olhar vago, que masca chiclete com a boca aberta no corredor sete do supermercado. Ela é... espetacular. Sei disso. Sinto isso. Quem é você, irmã? Você está aí? Você também sente a minha presença?" Página 141.

Com a ajuda de Gibs, amigo por quem é apaixonada, Summer embarca nas páginas do diário, uma a uma. Em seus registros, Shannon deixa transparecer uma adolescente revoltada com as pressões familiares e cansada de uma vida de perfeições. Dessa forma, a imagem de boa moça se desfaz e Summer percebe que a irmã também sofreu com a mãe controladora e com o amadurecimento característico da fase em que ambas vivenciaram.

" - Não acredito nisso. Ela me parece bem forte.
Meus olhos se suavizam.
- Ela era, não era?
Ele faz que sim.
- Ela me lembra muito você." Página 205.


Leitura fácil e de bom ritmo, o livro nos leva a reflexões sobre amor, convivência e dramas familiares. Por mais que a protagonista seja inconveniente e injusta com a mãe e com o melhor amigo, torna-se notável que tal comportamento é necessário para um belo desfecho da história. 
Os capítulos sucintos e a história original fazem da obra uma boa pedida. Recomendo!

28 comentários:

  1. agora deu curiosidade haha!!

    beijinhos

    http://taticamposblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha que ótimo então!
      Obrigada por comentar, beijos!

      Excluir
  2. O livro parece ser muitíssimo interessante!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse livro, adorei a capa e as citações.

    Beijos

    http://esfriouocafe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É todo bem bonito!
      Obrigada por comentar, beijos!

      Excluir
  4. Olá,
    adoro livros que as personagens principais são irmãs.
    Gostei muito da resenha e do blog.
    Até mais.

    http://www.minhaqueridasophia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Fiquei bem curiosa com essa resenha, achei muito interessante e quero ler!
    beijos!
    http://cheiade-alegria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Me parece ser uma história com o desfecho bem emocionante!
    Beijinhos
    http://isadoradoria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, bem cativante!
      Obrigada por comentar, beijos!

      Excluir
  7. Adoreii, parece ser mtooo bom, não conhecia o livro ainda

    Blog: http://ingridegoes.blogspot.com.br/
    Fan page: http://goo.gl/hNmEGx

    ResponderExcluir
  8. Livro interessante, embora seja uma idéia hard e por vezes estranha ler o diário da irmã morta, mesmo assim genuinamente inovadora. Gostei :))
    Myllena, minhaspequenasverdades.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é uma ideia diferente que acaba de forma encantadora!
      Obrigada por comentar, beijos!

      Excluir
  9. Cynthya, já gostei, coloquei na minha lista ♥ obrigada pela dica ;-)

    ResponderExcluir
  10. Ameeeeei, ja quero ler ! ahhaha

    Beeeeeijos, fica com Deus ♥
    http://www.paaradateen.com
    http://www.fb.com/PAARADATEEN

    ResponderExcluir
  11. Olá lindona!!!!
    Tô só me situando, faz tempo que não apareço kkkkkkk
    Tá lindo como sempre *-*
    Fica com Deus, beijão.

    http://isabellalessa.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também ando bem sumida! hahaha
      Obrigada por comentar, beijos!

      Excluir
  12. Oii,

    Não conhecia o livro, mas fiquei bem curiosa com a história *--*
    Parabéns pela resenha!

    Beijinhos,

    entrechocolatesemusicas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Parece uma leitura bem interessante, vou ver se acho por ai e compro. Gostei bastante de sua resenha!

    Beijos, INconvencional!

    ResponderExcluir