Um olhar através de "Quem é você, Alasca?"


Oi! Hoje eu venho falar de um dos livros mais lindos do mundo, o mesmo que disputa com "Deslembrança" o lugar de meu livro favorito: Quem é você, Alasca?, de John Green.
Mais do que um livro, uma total inspiração para a minha vida. Quase ninguém sabe, mas o nome do meu blog - O Grande Talvez - é derivado deste livro.

Miles Halter é um garoto introspectivo, que está cansado de sua vida monótona em casa. Ele é fissurado por célebres últimas palavras: Miles sabe dezenas de coisas que pessoas importantes disseram antes de morrer, nos últimos momentos de vida. Miles vai para um novo colégio, em busca de novas possibilidades, sonhos e principalmente em busca de uma ideia aclamada pelo poeta François Rebelais, chamada de "O Grande Talvez".
Na nova escola, Miles conhece um garoto que vai se tornar um grande amigo, Chip, mais conhecido como Coronel. Coronel tem uma amiga inconstante, divertida, inteligente, sensual e um tanto louca: Alasca Young. Através de um labirinto de possibilidades, Alasca se mostra o caminho de Miles para O Grande Talvez.

"... se as pessoas fossem chuva, eu era garoa e ela, um furacão."

A sensação que você tem ao ler esse livro é indescritível. Você passa a olhar a vida com outros olhos, você sente todos os momentos que vive e passa a perceber o impacto que uma vida possui sobre a outra. Você passa a analisar o quanto as pessoas que você ama significam para você e o quanto elas contribuem para formar o que você chama de "eu".



"Eu sei que ela me perdoa, assim como eu a perdoo. As últimas palavras de Thomas Edison foram: "O outro lado é muito bonito." Eu não sei onde fica o outro lado, mas acredito que seja em algum lugar e espero que seja bonito." - Página 226.

Sabe aqueles livros marcantes, que você lê mil vezes e quer levar com você para toda a vida? "Quem é você, Alasca?" é um desses livros.

"Passamos a vida inteira no labirinto, perdidos, pensando em como um dia conseguiremos escapar e em quanto será legal. Imaginar esse futuro é o que nos impulsiona para a frente, mas nunca fazemos nada. Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente." - Página 56.

Esse post é para mostrar o quanto esse livro significou para mim e o quanto essa leitura me tornou uma pessoa melhor. Quero fazer do meu blog um reflexo dessa obra incrível e quem sabe, algum dia, encontrar meu próprio Grande Talvez.
John Green é um autor excepcional. "A Culpa é das Estrelas" também é uma obra fantástica.

17 comentários:

  1. Esse livro deve ser muito bonitinho, eu gosto de livros assim, eu queria comprar esse, e "A culpa é das estrelas" mas estou sem dinheiro nenhum.
    beijinhos
    blog-cereja.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já li os dois e posso afirmar que são incríveis. Livros que a gente vai lembrar por toda a vida!
      Obrigada por comentar, volte sempre, beijos!

      Excluir
  2. Morro de vontade de ler esse livro, deve ser maravilhoso. Talvez traga o mesmo sentimento que "O Mundo de Sofia" trouxe para mim. Espero lê-lo logo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, esse livro é mais do que maravilhoso! Já ouvi falar muito bem de "O Mundo de Sofia", também quero ler.
      Obrigada por comentar, volte sempre!

      Excluir
  3. Ai, esse livro está na minha listinha pra ler! Todo mundo fala super bem dos livros do John Green. Quero ler "A Culpa é das Estrelas" também.

    http://officialgabi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O John Green é excepcional. Fiquei muito feliz em saber que a Intrínseca irá lançar os outros livros dele, não vejo a hora de lê-los! Leia os dois, você vai amar!
      Obrigada por comentar, volte sempre!
      http://ograndetalvez.blogspot.com.br

      Excluir
  4. Nossa, deu uma super vontade de ler esse livro! Vai entrar pra minha wishlist já!

    http://cindereladementira.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/CinderelaDeMentira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, você vai amar!
      Obrigada por comentar, volte sempre! <3

      Excluir
  5. Esse livro é realmente lindo. Já fiz um post sobre o autor dele e tudo mais. "Um pouco sobre John Green."

    Amei o blog, mega fofo... ♥
    Curte aqui! l Listras da Zebra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incrível seu post sobre o John Green!
      Obrigada por comentar, volte sempre!

      Excluir
    2. Obrigada Cynthya, seu blog é muito lindo!*-*

      Excluir
  6. Ohhh lindaa, você escreveu tão bem que fiquei na maior vontade de ler.. pelo o que você falou, este livro é repleto de sabedoria e eu amo tudo isso.. sabe se na saraiva vende? sério, muito legal mesmo.. E agora fui entender o 'o grande talvez' e me identifiquei também demais. E também vivo assim no meu blog, com meus objetivos, tentando realizar meus sonhos e expectativas, e viver meu 'grande talvez' como se fosse viver o que quero, ou tentar ser o que quero, sem saber se sera exatamente isso, ou seja, TALVEZ seje isso.
    Não sei se entendeu meu raciocínio kkkk, mas adorei

    bbjbjbj, rê
    GRANDE CORAGEM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, mesmo! É um livro muito sábio sim, é incrível. Comprei o meu na Saraiva, acredito que ainda venda.
      Nós temos sempre que buscar nossos talvez, cumprir nossas expectativas e nos tornar o que sonhamos, não é?
      Obrigada por comentar, volte sempre!

      Excluir
  7. Amei seu blog!

    Beijos

    www.eagoraluh.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Muito obrigada, mesmo.
      Volte sempre, beijos!

      Excluir
  8. Terminei de ler o livro há alguns dias, e ainda penso em Alasca, Chip e no Gordo.
    Penso nas oportunidades que tenho tido, e me indago se alguma delas será finalmente o meu "Grande Talvez".
    Porém, será que ele é um só, ou pode o primeiro levar a outros vários, como num "efeito dominó"?!
    De fato, um livro fantástico. Recomendo também, "A Sombra do Vento", cujo autor usa as palavras certas nos momentos certos assim como o J. Green.
    Beijo,
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Caraca guria! Conheci teu blog agora pouco procurando a resenha do livro, e li no about que você é fã de The Maine. Também sou. Resultado? Entrei em choque e nem consegui ler a resenha. Que blog lindo! E eu vou ler a resenha assim que o surto passar. hahaha bj
    derepentetalvez.blogspot.com

    ResponderExcluir